Postagens

Mostrando postagens de Março, 2021

Publicada primeira norma internacional sobre caracterização de grafeno

Imagem
  Assinado por pesquisador do Inmetro, artigo em revista científica destaca avanço para a indústria. A comunidade científica e metrológica internacional deu mais um importante passo para o desenvolvimento da indústria de nanotecnologia, em especial a do grafeno, um dos materiais mais pesquisados do mundo e com impacto em diversos setores industriais. Após um longo processo de colaboração envolvendo representantes de mais de 30 países, incluindo o Brasil, dentro do ISO/TC 229 - Nanotechnologies, foi publicada a primeira norma internacional sobre caracterização de grafeno, a ISO/TS 21356-1. O Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) participou ativamente do processo, e acaba de publicar um artigo na Nature Review Physics destacando a importância desta norma ISO. Entre os autores do texto está Erlon Ferreira, pesquisador da Divisão de Metrologia de Materiais, do Inmetro. As normas internacionais são aquelas desenvolvidas fundamentalmente no âmbito da ISO (Interna

Como melhorar a organização da indústria com a metodologia 5S?

Imagem
 Para melhorar a produtividade de sua indústria, você pode e deve utilizar ferramentas relacionadas à gestão. Entre as ferramentas que podem ser utilizadas para tal finalidade, recomendamos a utilização de uma metodologia 5S, pois ela atuará diretamente na questão organizacional, assim como trabalhará alguns processos relacionados à melhoria contínua de sua indústria. Quando aplicada de forma correta, a metodologia 5S trará não apenas a organização desejada, no entanto, trabalhará a questão relacionada à satisfação dos colaboradores, melhorando o ambiente de trabalho. A aplicação da metodologia 5S depende de um plano de gerenciamento, e sua aplicação deverá ser realizada através da gestão por meio de treinamentos e normativos. Você pode aplicar a metodologia 5S de maneira eficaz em sua indústria abordando alguns pontos, entre eles:  Senso de utilização; Senso de organização; Senso de limpeza; Senso de padronização; Senso de disciplina. Para uma indústria, a metodologia 5S é amplamente

Nanoscópio criado por brasileiros é capa da "Nature"

Imagem
 O trabalho de pesquisadores brasileiros ganhou destaque na última edição da renomada revista científica Nature, uma das mais importantes do mundo. Eles criaram um microscópio que trabalha na escala nanométrica, o equivalente a um metro dividido por um bilhão. O aparelho pode ajudar a comunidade científica a descobrir os potenciais usos do grafeno, um material com potencial para revolucionar a indústria nos próximos anos. O trabalho foi apresentado como uma importante ferramenta para a comunidade científica descobrir potenciais usos do grafeno, um material extremamente leve, resistente e supercondutor que pode nos levar a uma nova era tecnológica. Há anos os pesquisadores buscam encontrar algo com essas características, que atue em temperatura e pressão ambientes. Supercondutores permitem a passagem de uma corrente elétrica sem qualquer atrito, ou seja, sem perda de energia na forma de calor e levam a avanços técnicos como computadores quânticos mais acessíveis ou trens que levitam sob

Como se preparar para a Indústria 4.0?

Imagem
 Fazer a indústria 4.0 funcionar requer mudanças nas práticas e estruturas organizacionais, como novas arquiteturas de TI e gestão de dados, novas abordagens de compliance e uma cultura orientada para o digital, enxergando a análise de dados como um recurso-chave da empresa. A maior dificuldade apontada em um estudo da PwC sobre a indústria 4.0 é a falta de pessoas com os conhecimentos necessários para fazer análises. Os processos da indústria 4.0 fornecem montanhas de dados, mas tudo será em vão se o gestor não conseguir entender esses dados ou se não os usar para aumentar a eficiência e desenvolver os produtos e serviços que seus clientes desejam. O primeiro passo é fazer um mapeamento das atividades, verificando quais delas podem ser automatizadas, quais necessitam ser modernizadas e o que tem impactado na eficiência dos processos. Pode-se começar capacitando os funcionários, melhorando a gestão de dados e automatizando as tarefas operacionais.  No Brasil há empresas em diferentes g

Recarga em tempo recorde

Imagem
 Carro elétrico com bateria de grafeno passa em testes de rodagem, o chinês GAC Aion V, pode ter a produção em série iniciada em setembro  O uso do grafeno para baterias de carros elétricos é algo que se fala há algum tempo. No entanto, o grupo chinês GAC agora anuncia que deu um passo sideral à frente e que usou o grafeno para fazer células de carregamento super-rápidas. E o que é melhor: não se trata mais de testes. O primeiro carro a usar esta bateria inovadora será na verdade o Aion V, um crossover elétrico produzido pela Aion, uma empresa que integra a GAC, convencida de que a produção em massa pode ser iniciada já no próximo mês de setembro.   Melhor condutor de eletricidade do que o cobre, o grafeno é 200 vezes mais resistente que o aço e 6 vezes mais leve, e por meio de vários tratamentos de superfície também possui grandes qualidades em termos de armazenamento de energia. De acordo com o GAC, a nova bateria pode usar um carregador de alta potência de 600 A e pode carregar a um